Seminário 2012

Hanna Montana

Meu Amor por Vocês!

Seguidores

Obrigado pela Visita!

Seguir por e-mail

Pink Office. Tecnologia do Blogger.

Minha História em Mary Kay



Comecei a trilhar minha carreira profissional há mais de 22 anos!





Preparadas ‘pra novela’!? Senta que lá vem história! Essa é uma parte da minha futura autobiografia!

Morava no interior de São Paulo, mais precisamente em Campinas e sempre tive o objetivo de morar fora para poder estudar.  Foi então que na época de prestar os vestibulares eu vim pra São Paulo, me inscrevi em algumas faculdades, todas para o curso de Propaganda e Marketing/Comunicação Social; passei em todas elas, mas resolvi escolher a FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado) como a mais encantadora faculdade que já havia visto! O prédio todo imponente tinha todo o estilo das faculdades americanas! Apaixonei! E elegi o bairro do Pacaembu para morar. 
Já no primeiro ano de faculdade comecei um estágio na área de marketing de um grande banco (muitas de vocês que tem mais de ‘intas...’ ouviram falar do Banco Nacional!), depois me inscrevi para um programa  de trainees na Credicard, e isso abriu muitas portas.  Foram duas  grandes experiências e o mercado valorizava demais o currículo daqueles que haviam passado por estas instituições porque eram consideradas celeiros na formação de altos executivos.
Recém formada e com muitas portas abertas eu pude, escolhendo entre várias ofertas de trabalho, seguir definitivamente pela área comercial e fui para outro grande banco, o Unibanco (atualmente, incorporado à bandeira Itaú).
Passei por várias áreas: atuei na área de cartões de crédito, depois na rede de agências, capitalização, worksite marketing, vendas, produtos, marketing, seguros e previdência.
Sempre pensando em me manter atualizada engatei seqüencialmente dois cursos de pós-graduação, mais uma vez elegendo a FAAP, e agora focada no curso de Administração de Marketing. E outra pós em inglês, mas aqui no Brasil mesmo, me especializando em Business Administration na  BUSINESS SCHOOL SÃO PAULO.
Sempre fui extremamente focada e dedicada em tudo que me propus a fazer e minha carreira era tudo pra mim! Como toda jovem em começo de carreira eu tracei pra mim o objetivo de fazer uma grande carreira e visualizava todos os anos promoções, crescimento, reconhecimentos, mudanças de área de funções. Eu era sozinha e podia realmente me dedicar de corpo e alma!
E tudo que eu imaginei aconteceu! Tudo o que eu desejei aconteceu!
Programei meu casamento, que era um de meus maiores sonhos, juntamente com meu marido, passo a passo, até mesmo esperar dois anos a disponibilidade da igreja que eu considero a mais linda de São Paulo, a Nossa Sra do Brasil!
E todas vocês já sabem, depois que a gente casa começa aquela leve pressão psicológica, e toda a família e amigos soltam aquela conhecida pergunta: Quando vem primeiro bebê? Pois é, eu resisti ao máximo e o Bruno só chegou depois de 4 anos de casada! Lembra que eu disse que tinha um grande objetivo de carreira?
E eu pensava:  antes de ter filhos ainda quero conquistar mais alguns degraus em minha carreira profissional.

Fiz 3  intercâmbios que foram essenciais para ‘incrementar’ mais um pouco meu CV.

 Estudei em Toronto, no Canadá, e 2 anos depois fui para Santiago, no Chile.  Ah, não posso me esquecer que também tive uma breve passagem pelo Banco Português (em Lisboa) em uma das viagens que fiz pelo banco.

Aliás, viajei bastante! Posso realmente me considerar uma pessoa muito privilegiada! Viajei muito a turismo juntamente com o maridão, mas por uns 5 anos eu trabalhei num segmento da área comercial e marketing que era responsável pelas viagens de incentivo da rede de agências do banco. Eram viagens internacionais (para os gerentes gerais) e viagens nacionais para os melhores resorts (para os gerentes de contas).

Alguma semelhança com o programa de viagens que temos pela Mary Kay? Sabiam que quando eu conheci a empresa esse foi um dos pontos que mais me chamou a atenção? Poxa, tem outra empresa que também trabalha com este tipo de reconhecimento, eu pensei. E um dos maiores presentes que você pode ter na vida é: VIAJAR! Ninguém tira de você a experiência de conhecer e vivenciar outras culturas, e isso é extremamente enriquecedor!

Só pra contar mais um pouquinho, viajamos neste programa de incentivo para: Buenos Aires (Argentina), Lisboa (Portugal), Roma (Itália), Cancún (México), Atenas e Ilhas Gregas (Grécia), Inglaterra, Turquia, Amsterdã...

Chato, né? Rsrsrrsrsr.  Fora os resorts nacionais! Todos fantásticos! Curti e aproveitei muito, tudo!

Mas depois de todas essas andanças, e me lembro como se fosse hoje, eu estava no resort  Summer Ville em Porto de Galinhas(aqueles bangalôs à beira mar são paradisíacos!) e na beira da piscina eu vi uma criança linda com sua mãe brincando tão ternamente que juro, eu disse pra mim mesma: Está na hora de pensar em ter um bebê!

Meu marido nem acreditou! Eu só pensava em trabalho!

Uum dos grandes sonhos estava para se realizar!!! Consegui!

E mesmo grávida eu não parei. Continuei investindo em minha formação. Inscrevi-me em um curso de especialização com  MBA em Banking na FGV (Fundação Getúlio Vargas)  e ia pra lá todas as noites, eu e meu barrigão!

O meu príncipe Bruno nasceu e apesar de ter curtido muito a licença maternidade eu já planejava em qual berçário ele ficaria, em período integral, para que eu pudesse voltar ao trabalho!

Afinal de contas, todo jovem casal tem muitos sonhos (e muitos desses sonhos, principalmente os materiais, foram conquistados com o somatório de nossas rendas!) e vi todos eles sendo realizados e transformados em nosso patrimônio em função de muitas e muitas horas de dedicação ao trabalho!!

Nunca pensei em ser mãe período integral, vocês entendem? Nunca  imaginei ficar em casa somente cuidando dos filhos, por mais que essa gestação tivesse sido planejada com muito amor e expectativa, por mais que a maternidade me encantasse.

Voltei com aquele típico aperto no coração, e por várias vezes me via sozinha chorando no banheiro do trabalho, ou à noite, pensando nas horas em que eu tinha ficado longe do pequeno Bruno.

Esse sentimento é horrível, porque você sabe que tem que trabalhar, mas quer ficar junto de seu bebê o máximo que puder. Mas naquele momento não tinha jeito, não tinha alternativa. E eu não tinha, AINDA, conhecido a Oportunidade de Carreira da Mary Kay.

Ah, e vocês estão todas cheias de curiosidade para saber como foi, não é mesmo?

Tive meu primeiro contato com os produtos Mary Kay no Canadá, em julho de 2000. A filha da hostess na casa onde morei era dermatologista e num bate papo ela me perguntou, por curiosidade, porque eu não usava maquiagem (lá ninguém põe o pé pra fora da cama sem make up, é incrível como elas usam!). Expliquei que estava num quadro alérgico naquele período e que não podia usar nada. Adivinhem?  A resposta foi: tem produtos hipoalergênicos que você poderia usar! E sabem com quais ela apareceu??? Foi amor à primeira vista: SOMBRA VANILLA (que as que me conhecem sabem que eu tenho caixas e caixas desta sombra, foi amor à primeira vista mesmo! E só pra contar o porquê de ter caixas....: teve uma época muito tempo depois, e eu já estava como consultora Mk que esta sombra ficou em falta.... quase ‘morri’...srsrrs) e MÁSCAR ULTIMATE! Bastou isso pra mudar meu visual! A base eu nem testei, sabem por quê? Porque brasileira tem horror a base, de ficar com cara mascarada, e juro, mesmo vendo a pele dela linnnnnnnnda, eu passei longe! Ter uma sombra e uma fantástica máscara de cílios já era um grande progresso pra mim! Ah, como eu dou risada quando me lembro disso hoje em dia! Eu não saio de casa nem pra ir ao mercado sem minhas bases MK!!!

De volta ao Brasil, usei esses dois produtos até o ‘talo’. Na minha cabeça eram produtos canadenses, que eu nunca havia visto em lojas por aqui, e ainda não havia esta ‘febre’ da gente procurar tudo no Google. Ficou por isso mesmo. Os produtos acabaram e por conta da minha alergia, eu só usava Clinic ou manipulava tudo através da minha dermatologista daqui.

Bom, em 2004, em uma curtíssima viagem de 4 dias de férias para o Resort Jatiúca em Maceió, a  Suzana Strumiello ( na época Diretora Executiva, hoje, nossa Nacional),  me conheceu!
Mas pasmem, falamos pouquíssimo sobre Mary Kay! Incrível, não é mesmo? Eu era muito séria, fechada, reservada. Mas sei que ela ficou me observando muito, e o que mais chamou a atenção delas (Suzana estava lá com a filha Marília, também Direta MK e a nossa Nacional Americana, Anita Garret Roe, para o debut de uma das diretoras da área) foi o meu pequeno príncipe loiro de olhos verdes de quem eu não desgrudava um minuto sequer. O Bruno já estava com 2 aninhos, e eu queria aproveitar todos os segundos ao lado dele! Ela percebeu isso e viu o quanto era importante pra mim a maternidade, mas nos poucos minutos de conversa soube que eu era uma Executiva e que não tinha muito tempo pra ele e também que já fazia algum tempo que eu não saía de férias! Ela foi muito sábia...só trocamos cartões e eu disse a ela....nossa, eu me lembro de ter usado algum produto desta linha, mas não sabia que tinha aqui no Brasil!
Nem preciso dizer que com o cartão dela em mãos na primeira oportunidade vasculhei todo o site da cia pra procurar a tal da sombra e a máscara porque eu não sabia que podia comprar direto com ela....(gente, quem se lembra do site brasileiro desta época.....rsrsrsrsr.....mega jurássico....rsrrsrsrr, e como eu não vi atrativo nenhum nele, pulei pro site americano e pro espanhol).  Até esqueci-me da compra dos produtos Fiquei ‘louca’ com os links HISTÓRIAS de SUCESSO. Aí sim, li tudo sobre a CARREIRA, e foi isso que ficou plantado em minha mente. Pensei:  taí uma coisa que eu poderia de fazer se algum dia eu decidir sair do banco. Quem sabe este seja o MEU PLANO B!

Trocamos alguns emails, fui a um guest (ainda era numa sala na antiga sede da cia lá na Rua do Rócio), mas infelizmente, por mais que eu tivesse uma mente aberta em função da minha formação, eu não havia entendido  por que, com todos aqueles meus diplomas, falando fluentemente 3 línguas eu já não poderia entrar de cara como uma diretora?! Por que eu tinha que começar como simples Consultora de Beleza? O que eu falaria pro meu marido? E o que iriam pensar de mim? Largar toda aquela carreira para começar do zero? Sem salário fixo, sem benefícios, sem 13º, sem plano de saúde, gratificações.......E também não víamos a possibilidade de fazer em paralelo (o que acabou acontecendo somente como ‘treino’ nesta empreitada como PLANO B, porque eu trabalhava quase que 13 horas diárias)....Só eu sabia o preço que ‘pagava’ por tudo isso!

Gente, como nós vivemos em função do que o ‘outro vai pensar’? Graças a Deus esse pensamento, HOJE, não faz mais parte de meu vocabulário, mas na época pesou muito....infelizmente.

Isso foi um dos motivos que ‘postergaram’ meu ingresso em MK. O outro motivo foi o ‘financeiro’.

Foi somente durante minha segunda gestação, e passando por uma fase muito difícil de relacionamento, mudanças internas constantes no banco e sem perspectivas de mais crescimento e promoções, que resolvi fazer uma lista de empresas nas quais gostaria de trabalhar assim que saísse do banco ao fim da licença maternidade! Eu e minhas listas de desejos!

Eu continuei mantendo contato com a Suzana e cheguei a enviar fotos pra ela do meu barrigão na expectativa da chegada da princesa Ana Beatriz!

Mais uma vez me divirto muito lembrando desta lista! O nome da empresa Mary Kay ocupava  o 7º lugar ( de 15....), e tenho duas grandes amigas (Glaucia Ganchinho e Andrea Praça ) que sabiam desta lista e são minhas testemunhas!. Nossa, eu sempre fui de escrever meus sonhos e objetivos/metas, lembram-se que já falei sobre isso?! E eu não sabia muita coisa mesmo sobre toda a dinâmica de trabalhar COM  a empresa Mary Kay e não trabalhar NA empresa Mary Kay. Há uma grannnnnnnnnde diferença nisso! Mas o nome dela estava lá!

Foi então que mesmo durante a licença maternidade passando por várias entrevistas nestas outras cias da minha tão sonhada lista (e torcendo para que nenhuma destas empresas me chamasse pra trabalhar porque eu queria muito curtir minha pequena bebê...srrsr...louco não é mesmo?) eu decidi marcar uma reunião com a Suzana, entender no detalhe como seria esse meu começo ou melhor RECOMEÇO de carreira, literalmente do ZERO, e assinei (era só em papel....)  meu formulário de iniciação em fevereiro de 2007. A Ana Beatriz tinha 4 meses!

Meu desligamento do banco foi uma negociação bem desgastante, mas saí de cabeça erguida e certa de que foi uma etapa muito importante da minha vida. Afinal de contas foram 12 anos de dedicação! E com toda a indenização que recebi poderia recomeçar minha carreira com tranqüilidade, sem pressão....e sem pressa de ter sucesso rápido.

Mas efetivamente eu só comecei a atuar com MKAY em agosto de 2007, devido à cuidados de saúde com a pequena Ana Beatriz. Já que eu estava em casa e perto dela, quis ao máximo dar toda a atenção e conforto que ela estava exigindo naqueles primeiros meses de vida!

E também tentar ‘recuperar’  o tempo com o Bruno, que já tinha 4 aninhos!

Bem, não foi um começo tão fácil (quem algum dia ouviu dizer que pra gente conseguir o que quer na vida é fácil....?) pra quem estava acostuma a receber um ‘gordo’ salário no final do mês! Mas eu tinha colocado em mente que, já que eu, àquela altura do ‘campeonato’ e da  minha carreira já havia conquistado a casa dos meus sonhos, o carro que eu queria, os filhos e maridão que eu queria, estava na hora de trabalhar pelo meu FUTURO e pelo FUTURO de minha família!

E é por isso que eu trabalho COM a cia Mary Kay desde então!

O maridão não apoiou tannnnnnnnto no começo, mas segurou as pontas muitos e muitos meses nesta minha jornada pelo mundo do  EMPREENDEDORISMO!

Foram 9 meses de intenso trabalho até me formar como  Diretora de Vendas em 1º de Abril de 2008.

Daí pra frente foram mais e mais conquistas fruto de muito, mas muito trabalho e dedicação!

Viagem ao Club Med em agosto 2008, viagem a Dallas/Texas em maio de 2009, Villa Galé em agosto de 2009, CARRO ROSA em abril e Ilha de Comandatuba em outubro, ambos em 2010. Ah, é claro, sem esquecer as JÓIAS!

Mas a cereja do bolo até agora foi a mega Viagem Internacional das Diretoras Top para Madri (Espanha) em maio deste ano de 2011!!!

O mais gostoso de tudo isso: sou minha própria chefe, trabalho para mim,  faço meus horários, faço questão de almoçar com as crianças todos os dias antes de irem pra escola, não tenho que me reportar a ninguém, sou naturalmente comprometida com minhas próprias metas e objetivos, formei até o momento 3 diretoras diretas e recentemente a primeira indireta,e já passaram pela nossa futura área mais de 500 mulheres (no somatório destas unidades todas) e temos mais de 100 consultoras ativas em nossa unidade MK DIVAS.

Somos EMPRESÁRIAS da BELEZA, e nosso ‘stress’ é deixar outras MULHERES MAIS BONITAS!

E você pode imaginar que com os produtos Mary Kay isso seja muiiiiiiiito difícil...rsrsrsr

E o maridão depois deste quase 4 anos de trabalho?! Agora é mais parceiro do que nunca! É  o que chamamos de ‘Marido Kay’!

O que posso dizer mais?!

Tenho uma MISSÃO: formar muitas e muitas outras diretoras, muitas viagens para conquistar e uma grande meta a alcançar no 1º trimestre de 2012: o DIRETORADO NACIONAL!

E você, quer fazer parte da 2ª edição do meu livro “Minha História de Sucesso em Mary Kay” e lançarmos juntas nossas autobiografias?

O convite está feito!

Seja você também uma EMPRESÁRIA da BELEZA! Espero você em uma de nossas reuniões e treinamentos para conhecer, no detalhe, como trabalhamos e o quanto levamos a sério esta GRANDE OPORTUNIDADE de CARREIRA no segmento de VENDAS DIRETAS!

Confira em: EVENTOS!



Beijo no coração, SUCESSO!
Fabiana Marin